Objetivos

Objetivos Gerais

A EUTIMIA tem como objectivos gerais:

  1. servir o interesse público e social da população;
  2. alertar para a responsabilidade social dos operadores e atores socioeconómicos nacionais e internacionais na luta contra a depressão e o suicídio.

Nestes objectivos gerais está implícito o combate ao estigma.

Objetivos Específicos e Actividades

 

1. Serviços para utilizadores

Fornecer serviços que respondam às necessidades dos utilizadores de forma integrada e concentrada. Os serviços podem ser de natureza clínica e suporte, jurídicos, sociais e outros.

Serviços Clínicos e de Suporte

  • oferecer ajuda, aconselhamento, suporte e eventual tratamento de familiares e amigos sobreviventes da pessoa falecida por suicídio consumado;
  • ajudar, aconselhar, dar suporte e tratar as pessoas com comportamentos suicidários;
  • oferecer ajuda, aconselhamento, suporte e eventual tratamento de familiares e amigos da pessoa com comportamentos suicidários;
  • ajudar, aconselhar, dar suporte e tratar as pessoas afetadas por qualquer tipo de depressão ou doença bipolar;
  • oferecer ajuda, aconselhamento, suporte e eventual tratamento de familiares e amigos da pessoa que sofra ou que possa sofrer de depressão ou doença bipolar;
  • educação e suporte peer-to-peer, grupos de psicoeducação e de auto-ajuda

Desenvolve as suas atividades através de:
1. consultas individuais;
2. sessões de grupo;
3. plataformas de e-health com informação para sensibilização e a educação em saúde, ferramentas de auto-ajuda e chat monitorizado para doentes e familiares;
4. consultadoria a instituições públicas e privadas.

Contate os serviços clínicos

Serviços Jurídicos
Serviços jurídicos de consultoria e assessoria jurídica e representação forense em questões com origem imputável a depressão e a suicídio.

Entre outros, os associados têm acesso aos seguintes serviços:

  • negociação de contratos de seguro de vida;
  • reclamação de indemnizações em caso de morte por suicídio (apoio aos sobreviventes) e de incapacidade decorrente da depressão;
  • relações com instituições de saúde;
  • relações laborais e suas vicissitudes: despedimento, suspensão, procedimentos disciplinares, processos judiciais do foro laboral;
  • relações familiares: separação, divórcio, regulação das responsabilidades parentais;
  • processos criminais;
  • processos de execução de penas;
  • processos de despejo;
  • processos executivos;
  • lobbying legislativo para plena consideração da depressão e do suicídio como doenças.

Os serviços são prestados por advogados com experiência relevante nas áreas referidas e cobrem todo o território nacional.

Contate os Serviços Jurídicos

Serviços Sociais
[em construção]

2. Serviços comunitários, programas de ação, cooperação e desenvolvimento
Desenvolver ações para aumentar a literacia em saúde mental, depressão e suicidalidade em vários grupos da população tendo a capacitação e sustentabilidade por alvo através da implementação de projectos que correspondam a programas de ação pontuais.
Implementar serviços comunitários como formação e educação, o desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação (TIC) inovadoras, e serviços de consultadoria dirigidos a organizações públicas e privadas.
Dar atenção particular à cooperação e desenvolvimento.

Programas

  • elaborar e implementar projetos de ação comunitários de prevenção da depressão e suicídio;
  • aprofundamento das estratégias de campanha pública, marketing em saúde e disseminação com boas práticas nos media;

Formação

  • adaptar materiais e conteúdos existentes, da nossa propriedade, desenhar e implementar novos conteúdos e módulos de formação dirigidos às necessidades específicas dos profissionais-alvo, na perspetiva do seu âmbito de atuação e das suas necessidades curriculares: médicos de família, médicos hospitalares, enfermeiros dos cuidados de saúde primários, enfermeiros dos serviços de urgência, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, padres, professores dos 2º, 3º ciclos e secundário, cuidadores de idosos, agentes de segurança, entre outros;
  • desenvolvimento de modelos de formação em escada e creditação dos módulos formativos;
  • desenvolver e aperfeiçoar metodologias de avaliação.

Tecnologias de Informação e Comunicação

  • desenvolver materiais em formato digital de sensibilização para aplicação em plataformas digitais de acordo com os conceitos dee-healthe m-health;
  • adaptar os materiais aos dialetos da língua portuguesa e cultura dos vários países lusófonos;
  • desenvolver e alimentar plataformas de telepsiquiatria;
  • desenvolver e alimentar chat monitorizado de doentes.

Consultadoria

  • prestar serviços de consultadoria clínica à distância a outros profissionais de saúde;
  • dar consultadoria a estabelecimentos de saúde;
  • dar consultadoria a municípios;
  • dar consultadoria a ONGs;
  • dar consultadoria a organismos governamentais;
  • dar consultadoria a empresas na área da saúde mental.

Cooperação e Desenvolvimento

  • desenvolver ações de sensibilização e literacia em relação aos países lusófonos em vias de desenvolvimento;
  • desenvolver ações de sensibilização e literacia nos países lusófonos.

3. Desenvolvimento científico e projetos de investigação
Em Portugal, a falta de escala e de massa crítica na investigação em neurociências e saúde mental, e doenças afetivas e suicídio em particular, requer uma ação inovadora de sensibilização e de aglutinação de recursos e vontades.
A EUTIMIA pretende contribuir para esse caminho:

  • aprofundamento do conhecimento sobre doenças afetivas e suicidalidade;
  • promoção de construção e estabelecimento de rede interinstitucional de estabelecimentos de saúde para recrutamento de doentes para estudos de investigação científica;
  • promoção de construção e estabelecimento de rede interinstitucional de estabelecimentos de investigação para submissão de propostas de estudos de investigação científica em consórcios nacionais e internacionais;
  • submissão de propostas e implementação de estudos de investigação científica em consórcios nacionais e internacionais, nesta área.

4. Crescimento e organização
O crescimento e a sustentabilidade da EUTIMIA são fatores indispensáveis para a manutenção da visão e missão e o cumprimento dos seus objectivos:

  • estabelecer parcerias interinstitucionais fornecendo o apoio jurídico e administrativo para a viabilização das mesmas;
  • desenvolver e submeter projetos em Portugal e nos países lusófonos;
  • granjear apoios e financiamentos de empresas, de agências governamentais e de anúncios de candidaturas a financiamento nacionais e internacionais;
  • recrutar associados junto dos profissionais de saúde mental e geral, entre sobreviventes e pessoas em risco, entre empresas, municípios e outras organizações;
  • desenvolver o estabelecimento de delegações regionais da EUTIMIA;
  • dar apoio logístico administrativo, contabilístico e financeiro às plataformas de intervenção e objectivos. Serviços, Ação e Investigação.