A Eutimia

A EUTIMIA – Aliança Europeia Contra a Depressão em Portugal (EAAD.PT) é uma organização não-governamental sem fins lucrativos criada em agosto de 2013.

Oportunidade
A EUTIMIA configura-se como uma oportunidade.

Lacunas
A EUTIMIA surgiu da necessidade de colmatar lacunas em saúde mental na sociedade portuguesa.

ONG de apoio a sobreviventes do suicídio
Em Portugal, não existia uma ONG de apoio a sobreviventes do suicídio. Os sobreviventes são todos aqueles, familiares e amigos, que eram próximos de pessoas que cometeram suicídio. São pessoas com necessidades especiais de informação, de apoio social e jurídico, muitas vezes em risco de desenvolvimento de patologia mental.

ONG de pessoas com comportamentos suicidários e pessoas próximas
Num sentido mais lato, sobreviventes são todos aqueles que apresentam comportamentos suicidários e seus familiares, amigos próximos e cuidadores informais, os quais estarão em risco.

ONG de pessoas afetadas por depressão e doença bipolar
Por outro lado, as pessoas afectadas por depressão e doença bipolar são aquelas em que mais frequentemente ocorrem comportamentos suicidários.

ONG de utilizadores e profissionais
Em Portugal, não existiam ONG de utilizadores e profissionais na área da saúde mental. A presença numa mesma organização de representantes dos dois principais stakeholders na área da saúde mental é original e susceptível de criar sinergias e valor social.

ONG para a cooperação e desenvolvimento
Em Portugal, não existiam ONG para a cooperação e desenvolvimento na área da saúde mental com missão e atribuição de sensibilização e intervenção em relação às doenças não-comunicáveis, nomeadamente depressão e suicídio, numa perspectiva de saúde mental global.

ONG de defesa dos interesses dos doentes com depressão e comportamentos suicidários
Em Portugal, não existem ONG de defesa dos interesses dos doentes com depressão e comportamentos suicidários com representatividade e visibilidade suficientes para influenciar decisivamente o desenho de politicas de saúde mental e as atitudes e comportamentos sociais dominantes.

ONG com intervenção em promoção e prevenção em doenças afectivas e comportamentos suicidários
Em Portugal, não existiam ONG com intervenção em promoção e prevenção em doenças afectivas e comportamentos suicidários numa perspectiva de saúde mental pública e surgiu a possibilidade de integrar o trabalho desenvolvido no nosso país no âmbito da sociedade europeia, EAAD—European Alliance Against Depression, assegurando essa continuidade.

ONG representante da sociedade europeia EAAD
A EUTIMIA integra a tradição e o património ‘genéticos’ da sociedade europeia EAAD (www.eaad.eu) que é uma organização de direito europeu fundada em 2008, a qual agrega vários países europeus desde o início das suas atividades em 2003, inclusive Portugal, visando a prevenção da depressão e do suicídio numa perspetiva de saúde mental pública.

EAAD_members_jpg_bf410bf20e_pq

Os nossos modelos

Os nossos modelosseguem os Valores aqui referenciados.

Os conceitos de Medicina Baseada na Evidência e de Saúde Mental Global são-nos caros.

A nossa intervenção comunitária segue o Modelo dos 4 Níveisde ação.

Este modelo dos 4 níveis, caracteriza-se por ser desenvolvido em 4 alvos simultâneos:

  1. os cuidados de saúde primários,
  2. a população em geral,
  3. os recursos comunitários locais, e
  4. os serviços e cuidados específicos, como os hospitais gerais e serviços de psiquiatria, grupos de auto-ajuda, ou auto-ajuda cognitivo-comportamental orientada por profissional.

cuidados

A sociedade EAAD desenvolveu este modelo que é sólido, bem testado e documentado, que recebeu o contributo do nosso país, com evidência científica na literacia da população, capacitação de profissionais e redução da suicidalidade em várias das regiões em que foi implementado e em que tem sido testado.

No modelo dos 4 níveis, a unidade de intervenção é sempre uma comunidade geodemográfica, como o concelho. E envolve parcerias com os municípios, hospitais gerais, serviços de cuidados de saúde primários e outras instituições comunitárias, em rede (veja a imagem com exemplo do concelho da Amadora).

mapa_01