Primeira sessão de formação do projeto WhySchool

Decorreu, entre os dias 10 e 12 de setembro, em Beja, a formação programada no âmbito do projeto WhySchool. Integraram a equipa de formação o presidente da EUTIMIA Ricardo Gusmão, os consultores internacionais deste projeto Lars Mehlum e Stanley Kutcher, Paulo Gomes, do Projeto Aventura Social, o formador Pedro Mota e ainda a gestora de projeto da região do Norte, Inês Rothes.

Nesta primeira fase, o grupo de formandos foi constituído por 12 pessoas, entre psicólogos, técnicos do serviço social e uma socióloga. O WhySchool funciona num sistema de formação em cascata: o primeiro grupo a ser formado transmitirá depois a informação aos professores e técnicos educacionais para cumprir o objetivo principal de sensibilizar os profissionais que trabalham junto das crianças e jovens para a deteção de situações de risco, encaminhando-os para os cuidados de saúde mais adequados.

Mais informações: WhySchool