Depressão e suicídio em discussão num evento promovido pela EUTIMIA

Decorreu na passada terça-feira, dia 19 de abril, um evento que teve por objetivo a disseminação de programas efetivos de combate à depressão e suicídio e a apresentação dos resultados provisórios dos projetos PrimeDep e WhySchool.

Numa primeira parte, o evento contou com a participação de algumas figuras internacionais, que falaram do seu trabalho e experiência na área da saúde mental e prevenção do suicídio.

Ella Arensman, presidente da Internacional Association for Suicide Prevention (IASP), diretora de investigação da National Suicide Research Foundation e membro da direção da EAAD (European Alliance Against Depression), de que a EUTIMIA faz parte, é uma das mais relevantes peritas mundiais na área da prevenção do suicídio e interveio nesta reunião com dois temas muito atuais: ‘A saúde mental dos refugiados e migrantes: um desafio a longo prazo’ e ‘Programas de prevenção do suicídio nas forças de segurança: estado da arte global’.

Stan Kutcher é consultor técnico da UNESCO em projetos de literacia, e assume vários cargos na Dalhousie University, no Canadá, além de ser um dos consultores internacionais do projeto WhySchool e falou sobre a sua experiência em África, com o tema ‘Uma forma eficaz de abordar a depressão nos adolescentes em África: integração inovadora e efetiva de rádio, escola e clínica’.

Para falar sobre o tema ‘A prevenção indicada do suicídio na Catalunha com base no hospital: seguimento dos doentes que fizeram autoagressão’, contámos com a presença de Victor Pérez Sola, diretor do Instituto de Neurosiquiatría y Adicciones (INAD), no Hospital del Mar-Parc de Salut Mar, em Barcelona, professor titular de psiquiatria na Universidad Autonoma de Barcelona (UAB) e também membro da direção do EAAD.

O presidente da direção da EAAD, Ulrich Hegerl, diretor do projeto de investigação europeu ‘Optimized suicide preventive programs and their implementation in Europe’ (OSPI-Europe) e, ainda, diretor e professor da Clínica e Policlínica de Psiquiatria da University Clinic Leipzig, apresentou o modelo dos 4-níveis da prevenção da depressão e suicídio.

Da parte da tarde, foi a vez da intervenção dos representantes da LEVE, a Associação Norueguesa de Sobreviventes de Suicídio que é uma das mais antigas associações de apoio a sobreviventes de suicídio do mundo. Kari Wille Rekdal, a vice-presidente da LEVE, apresentou ‘Uma breve história do movimento dos Sobreviventes do suicídio: o exemplo Norueguês’ e Christoffer Vestli, presidente da UNGE LEVE (LEVE’s youth organization) falou sobre ‘O suicídio de homens e mulheres jovens: como se sobrevive à experiência?’.

Para terminar a sessão, o presidente da EUTIMIA – Aliança Europeia Contra a Depressão em Portugal, Ricardo Gusmão, procedeu à apresentação dos resultados provisórios dos projetos PrimeDep e WhySchool.

O evento contou ainda com um momento para a assinatura de protocolo de parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a EUTIMIA, que contou com a presença de Pedro Santana Lopes e Helena Lopes da Costa, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Ambos sublinharam a importância de desenvolver trabalho na área da saúde mental, motivo pelo qual esta parceria faz todo o sentido.

 

Com o apoio:

Delta

EEA+Grants+-+JPGACSS Logótipo